Os Balcões do Mercado

Relegados para segundo plano durante muitos anos, os balcões com vista privilegiada para a cozinha, são agora um dos locais mais disputados nos restaurantes. E no Time Out Market isso também é verdade. Fique a conhecer os nossos.

Marisqueira Azul

Há quem diga que a melhor forma de provar marisco é ao natural, com o mínimo de temperos e o mais fresco possível. Aqui na Marisqueira azul isso é regra. Do aquário mesmo ao lado do balcão ou do expositor carregado de marisco fresco para o prato, o caminho é curto. O segredo é mesmo a qualidade do marisco da costa portuguesa. Sugerimos o camarão tigre ou as famosas amêijoas à Bulhão Pato, receita que terá surgido no antigo restaurante Estrela de Oiro, na Rua da Prata, em homenagem ao escritor Bulhão Pato nos anos 30.

Libertà Pasta Bar

É bem provável que este seja um dos balcões mais concorridos do Time Out Market. Não só porque tem óptima comida, mas também porque estar sentado neste balcão significa ter vista para onde tudo acontece, isto é, para onde a verdadeira pasta está a ser feita. Ali, mesmo à nossa frente, surgem ravioli, tagliatelle, entre muitas outras variedades de pasta italiana, que depois vão directas para o lume e para o prato. Uma delícia de ver e comer.

O Frade

Com um balcão e esplanada em Belém, O Frade abriu no Time Out Market exactamente com as mesmas condições: um balcão e uma esplanada onde servem cozinha de alma alentejana, mas que acaba por percorrer muito do receituário tradicional português, de Tràs-os-Montes ao Algarve. Um dos ícones da casa é o Arroz de Pato à Frade, servido malandrinho com sabor a laranja e chouriço, mas há outras opções para petiscar ao balcão.

Sea Me

A casa-mãe do Sea Me, no Chiado é uma ode ao oceano. E sentar ao balcão é a melhor forma para mergulhar neste espaço do Time Out Market, pois é daqui que se pode ver alguns dos seus pratos-estrela a serem preparados, como é o caso do famoso duelo de nigiri, que agora inclui um nigiri de bacalhau à lagareiro e um nigiri de sardinha grelhada. É uma fusão surpreendente e viciante da cozinha portuguesa e japonesa.

Café de São Bento

Se há sítio onde comer um bom bife sabe sempre ainda melhor, é ao balcão. E aqui no Time Out Market, o melhor bife da cidade serve-se também ao balcão do Café de São Bento. Seja um bife à portuguesa ou o clássico Bife do Lombo à Café de São Bento, não há segredos quanto aos ingredientes – a melhor carne, as melhores natas e a melhor manteiga -, está tudo à vista. Aqui no mercado como no restaurante original na Rua de São Bento, o bife acompanha com batata frita para molhar no molho.

Croqueteria

Pedir um croquete e uma imperial sentado ao balcão da croqueteria tem outro encanto. A marca de croquetes nascida no Time Out Market, foi responsável por expandir a tradicional família portuguesa de croquetes e acrescentou alguns irmãos, incluindo variedades de choco, frango e bacalhau. O tradicional continua a ser consensual como sendo o favorito, mas ao balcão dá tempo para provar todos com tempo.

Monte Mar

O Monte Mar do Time Out Market é uma pequena versão do Monte Mar original, de Cascais, com quase tudo menos as ondas. O peixe e o marisco da nossa costa estão lá, claro, mas também o prato mais famoso da casa, os filetes de pescada com arroz de berbigão. Aqui no mercado, quem se sentar ao balcão do Monte Mar, pode provar este prato e muitos outros que fazem o nome desta casa.

Pinóquio

Quem é cliente do Pinóquio há muitos anos (o original abriu em 1982) sabe bem que o serviço, além da boa comida, é a imagem de marca da casa. Aqui no Time Out Market tem a vantagem de poder provar as famosas ameijoas da casa ou o pica-pau do lombo sentado ao balcão, lado a lado com quem está a preparar estas iguarias e com quem as serve. Boa comida e boa conversa estão garantidas.